CONTATO

Notícias do setor

Leilão A-4 será realizado em 27 de junho, a solar pode ser incluída

O Ministério de Energia e Minas (MME) publicou o novo cronograma de leilões de energia para o período 2020-2021. De acordo com o plano, serão realizado s nove leilões: seis Leilões de Energia Nova e três Leilões de Compra de Energia Elétrica Proveniente de Empreendimentos de Geração Existentes.

Quanto aos seis leilões de “Energia Nova”, que devem incluir energia renovável e fotovoltaica, o MME programou dois leilões por ano, um leilão A-4, para o qual o fornecimento de energia começa quatro anos após a licitação, e um leilão A-6, com prazo de entrega dos projetos de seis anos.
Os três leilões A-4 serão realizados em 27 de junho de 2019, 23 de abril de 2020 e 29 de abril de 2021.
Quanto aos leilões A-6, as datas são: 26 de setembro de 2019, 24 de setembro de 2020 e 30 de setembro de 2021.
O governo brasileiro ainda não disse quais fontes de energia podem participar nos leilões, mas a portaria do governo para o primeiro leilão A-4 deve ser publicado nas próximas semanas, segundo Rodrigo Sauaia, presidente da associação brasileira de energia solar ABSOLAR. Em comunicado à revista, Sauaia também disse que a associação está confiante de que este ano, ao contrário de 2018, quando a energia solar foi autorizada a participar apenas no leilão A-4, a tecnologia fotovoltaica será admitida em ambos os leilões de “Energia Nova”.
Mais https://www.pv-magazine-latam.com/brasil-noticias/leilao-a-4-sera-realizado-em-27-de-junho-a-solar-pode-ser-incluida/